QUAL É O MELHOR TIPO DE ENCADERNAÇÃO PARA O MEU TRABALHO?

Você terminou de imprimir aquele trabalho acadêmico que levou semanas, até meses, para realizar; ou concluiu um livro de receitas e está com o original prontinho e impresso nas mãos; ou fechou aquele relatório que parecia interminável. Agora, só falta mandar para impressão e entregar para o cliente? Enfim, seja qual for o trabalho ao qual você se dedicou, ele ainda tem mais uma etapa: a encadernação!

encadernação de livros, apostilas, relatórios, revistas, catálogos e outros materiais garante o fácil manuseio, mantém as páginas sempre ordenadas, facilita a organização, ajuda na preservação e, não menos importante, valoriza a apresentação do seu trabalho.

Mas que tipo de encadernação é a ideal para cada trabalho? Como você pode decidir isso?

Para descobrir qual é o tipo de encadernação ideal para seu material, é necessário entender como os livros e outros produtos editoriais são divididos. Esse entendimento garante a encadernação mais adequada.

Confira abaixo e acompanhe na ilustração!

  • Lombada:tem como função manter as folhas de um livro sempre unidas, podendo reuni-las de forma costurada, grampeada ou colada.
  • Miolo: são todas as páginas internas de um livro.
  • Seixa: é a distância que vai da folha do livro até aextremidade do cartão (tipo de capa de esforço).
  • Coifa: é a curvatura nas extremidades da lombada de um livro. Fica entre a lombada e o miolo.
  • Guarda ou Folha de Guarda: é aquela que se coloca antes das páginas ou da capa original do livro que será encadernado.
  • Contra guarda: é o material que cobre a segunda capa e a folha de guarda. Em alguns casos, a contra guarda (ou ainda, folha de ante-rosto), é também a folha de guarda.
  • Cabeceado: serve para proteção do miolo e fica nas extremidades da coifa.

Agora que você conheceu a anatomia do livro, vamos falar mais sobre tipos de encadernação.

TIPOS DE ENCADERNAÇÃO

Para cada produto editorial, há diversas possibilidades de encadernação. Como já exposto anteriormente, essa técnica te ajuda na organização, na seleção, na apresentação e na preservação do material.

Por isso, é muito importante pensar na finalidade (por que e para que vou encadernar meu material?) e na qualidade do acabamento.

Avalie a seguir o melhor tipo de encadernação para o seu trabalho:

1- ESPIRAL

A encadernação em espiral é um dos métodos mais utilizados em apostilas, TCCs e materiais didáticos. A técnica em espiral, além de ser uma encadernação mais econômica, faz com que haja suporte para até 400 folhas em gramatura fina.

O processo começa com a realização de furos redondos por meio de uma máquina específica. Os furos são feitos desde a capa (dura ou flexível) até as folhas internas (miolo). Em seguida, é inserido nos furos uma espiral, geralmente feita de plástico, para garantir a união das folhas.

2- CANOA OU GRAMPO

A encadernação do tipo canoa é aquela usada em revistas e livretos, na qual a capa e o miolo são grampeados. Por isso, não é indicado para materiais com um volume grande de páginas, nem para papéis de alta gramatura.

3- ENCADERNAÇÃO DE LIVROS − BROCHURA OU LOMBADA QUADRADA

brochura é um tipo de encadernação bastante utilizada em livros. Normalmente, o miolo é fixado na capa com aplicação de cola (Hot Melt EVA ou PUR) na lombada.

Importante: A lombada nesse tipo de encadernação deve ser bem planejada, pois quando os livros são empilhados ou emparelhados na estante, somente a lombada é visível. Ela deve conter as informações da obra de maneira legível.

A técnica de encadernação em lombada quadrada é adequada para impressos que exijam apresentação mais nobre ou destinada a grande manuseio, como livros didáticos e dicionários.

Nesse tipo de encadernação, a lombada quadrada pode ter o miolo colado de diversas maneiras, com colas específicas e industriais e/ou com costura. Por isso, é um sistema que garante muita resistência e facilidade no manuseio para obras com mais quantidade de páginas.

4- WIRE-O

A encadernação em wire-o (duplo anel) é uma técnica aperfeiçoada da encadernação tradicional em espiral. Nesse caso, o espiral é de arame metálico duplo e os furos devem ser quadrados. É bastante conhecido por garantir a resistência do material, apurar o visual do trabalho e valorizar o acabamento, já que seu espiral é mais robusto e sofisticado.

Essa técnica é mais utilizada na confecção de cadernos, agendas, calendários e portfólios, pois permite utilizar papéis de diferentes gramaturas e uso de capas flexíveis ou duras.

E então? Gostou deste conteúdo? Aprendeu como escolher o tipo de encadernação ideal para o seu trabalho? Por falar nisso, já está com ele pronto aí?

Entre em contato com a gente! Nós vamos ajudar você a escolher a melhor apresentação para o seu material!

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

FALE CONOSCO: (31) 3303-9999 • RONA@RONAEDITORA.COM.BR

RUA HENRIQUETO CARDINALE, 280 OLHOS D'ÁGUA
BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS 30390-082

×

Carrinho