COMO ACERTAR A ESCOLHA DAS CORES NA HORA DE IMPRIMIR?

Entendendo um pouco sobre as combinações

O que vem à sua mente quando você se depara com a sigla CMYK? E com as expressões numéricas 4×0 / 4×1 / 4×4 / 1×0 ? Não, a sigla não é o nome de um clube de futebol russo e as expressões não são placares de jogos de campeonato.

CMYK corresponde a uma matriz de quatro cores Ciano, Magenta, Yellow (amarelo) e Black(preto) – utilizada para gerar uma infinidade de combinações de tons na impressão gráfica.

Outra referência para composição de cores é a escala Pantone (veja o Box logo a seguir).

Já os conjuntos de números informam como serão aplicadas as cores em um trabalho impresso. Por exemplo:

  • 4×1 quer dizer que o trabalho será impresso em cores de um lado e em preto no verso;
  • A aplicação 1×0 significa que haverá apenas a impressão em preto e em somente um lado do papel;
  • Quando quiser imprimir seu material em cores dos dois lados (frente e verso), você vai solicitar uma impressão 4×4.

Aprenda mais: o sistema Pantone

A escala de cores Pantone é composta por um sistema numérico, que possibilita a aplicação de cores com maior precisão e padronização. Com a Pantone, é possível obter melhores resultados ao se utilizar cores e efeitos diferenciados, como tons metálicos e fluorescentes.

Como vimos no texto, o sistema CMYK produz cores a partir da mistura de quatro pigmentos. Já as cores Pantone são pigmentos únicos, que garantem maior fidelidade nas impressões gráficas. Ou seja, a escala Pantone não faz mistura de cores – ela trabalha com as cores “prontas”.

Dessa forma, peça ao profissional da gráfica para ajudá-lo a definir as cores, se a escala CMYK lhe atende, ou se é necessário utilizar o sistema Pantone para garantir, por exemplo, o padrão de cores predeterminado no manual de identidade visual de uma marca.

Dessa forma, peça ao profissional da gráfica para ajudá-lo a definir as cores, se a escala CMYK lhe atende, ou se é necessário utilizar o sistema Pantone para garantir, por exemplo, o padrão de cores predeterminado no manual de identidade visual de uma marca.

Saiba mais sobre o Pantone:

A importância da escolha da cor e da gráfica

Quem determina se o trabalho será colorido ou não?

Essa escolha pode ser feita por você, o autor do trabalho, quando procura a gráfica para imprimi-lo. Porém, em trabalhos destinados à veiculação de imagens corporativas e profissionais, ou, ainda, naqueles em que o texto é acompanhado de ilustrações e fotos, é sempre aconselhável ter a assessoria de um designer.

No entanto, mesmo que você conte com um designer para definir a aplicação de cores no seu trabalho, é imprescindível escolher a gráfica certa para ter a garantia de que as cores escolhidas serão fielmente utilizadas na impressão final.

Para isso, certifique-se de que a gráfica tenha a tecnologia adequada à sua demanda, além de um profissional que faça o gerenciamento técnico. Ou seja, que auxilie você na escolha das cores, do tipo de papel, na avaliação de provas (pré-impressão), dentre outros fatores importantíssimos para garantir a qualidade final do seu trabalho.

A Rona Editora tem um avançado e tecnológico setor de pré-impressão e profissionais qualificados para orientá-lo quanto às cores aplicadas em seu trabalho. Entre em contato conosco!

Inscreva-se e confira mais artigos como este.

Clicando aqui, você pode entrar em contato com nossos consultores e ficar ainda mais inteirado(a) de detalhes que, certamente, farão toda diferença no resultado do seu projeto.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

FALE CONOSCO: (31) 3303-9999 • RONA@RONAEDITORA.COM.BR

RUA HENRIQUETO CARDINALE, 280 OLHOS D'ÁGUA
BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS 30390-082

×

Carrinho