4 PRINCÍPIOS ESSENCIAIS DA DIAGRAMAÇÃO

Diagramar é a arte de compor um material, seja ele online ou offline, utilizando elementos visuais e textuais, ou seja, é muito mais do que fazer um design bonito. Para ser efetivo nesse trabalho, é importante ter em mente todos os princípios básicos do design: forma, cor, ritmo, enquadramento, modularidade, grid, movimento, entre outros pontos. Quanto mais entender o processo, como as pessoas veem o que você faz, mais fácil será quebrar regras e tentar soluções fora da caixinha.

Neste post, não trataremos de todos os princípios do design, mas de 4 pontos que consideramos essenciais para que a diagramação de materiais seja efetiva: organização, hierarquia visual, ordem de leitura e padronização. Vamos l

1 – ORGANIZAÇÃO: A CHAVE MESTRA

Antes de iniciar qualquer trabalho, é importante que todas as informações para a sua execução estejam bem claras e organizadas. Isto evitará retrabalho e tapa-buracos ao longo do projeto desenvolvido. Nem todos os trabalhos que pegamos são do zero, muitos partem de algo que já foi desenvolvido outrora ou devem seguir, por exemplo, regras de um manual de marcas. Fique atento para certificar-se de que o seu cliente passou essas informações, pergunte e documente.

2 – HIERARQUIA VISUAL: O PESO DAS INFORMAÇÕES

Agora que você já tem todas as informações organizadas, fica fácil visualizar o que precisa ter mais ou menos destaque. Quando se define uma hierarquia visual em um material, você deve pensar em como cada elemento aparecerá. Seja ele um título, uma imagem, uma legenda, um texto de apoio, um selo, enfim, tudo que for apresentado precisa ter harmonia e deve ter apresentação coerente.
Organizar bem a hierarquia das informações garantirá que o seu público visualize o trabalho e, em poucos segundos, tenha uma ideia do que se trata, dando continuidade na leitura, caso aquele conteúdo gere algum impacto significativo para ele.

3 – A RELAÇÃO DIRETA ENTRE O CONTRASTE E ORDEM DE LEITURA

Isso quer dizer que quanto maior o contraste, mais fácil de direcionar o leitor a utilizar a ordem de leitura desenhada para o projeto. Obs.: leve em consideração como lemos de acordo com a região (Ocidente: da esquerda para a direita / Oriente: da direita para a esquerda).

Existem vários macetes para ajudar no direcionamento dos olhos para o que é desejado, um muito utilizado por diretores de arte é o uso de espaços em branco. O espaço em branco ao redor de um título ou de informações de destaque ajuda que a informação ganhe clareza e, consequentemente, a leitura seja muito mais rápida.

4 – PADRONIZAÇÃO: O CAMINHO PARA FACILITAR ASSOCIAÇÕES FUTURAS

Definir padrões visuais apresentados em cada página ajuda o leitor a entender que se manteve no mesmo material, além de aumentar a velocidade da leitura, já que o leitor aprende a hierarquia de uma página que seguirá igual para todas as outras.

A padronização é importante para agilizar a leitura, mas também é essencial para que o leitor conheça e faça, mais tarde, associações daquela forma de apresentar informações a uma determinada marca, por exemplo.
Quem nunca comprou um produto errado no mercado por conta da embalagem do concorrente ser quase uma cópia da embalagem do produto de preferência?
Em suma, a padronização ajuda a treinar a memória das pessoas por meio de repetição visual.

CONCLUSÃO

O trabalho do diagramador envolve conhecimento em design, percepção visual, semiótica. É muito mais do que juntar um monte de informações em um só espaço. Envolve entender o leitor e saber como direcioná-lo para o que realmente importa. É um trabalho que exige muito cuidado e percepção.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

FALE CONOSCO: (31) 3303-9999 • RONA@RONAEDITORA.COM.BR

RUA HENRIQUETO CARDINALE, 280 OLHOS D'ÁGUA
BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS 30390-082

×

Carrinho